sexta-feira, 29 de junho de 2012

Doidices

É... eu devo admitir que eu tenho problemas... estou sempre em busca do "fora" perfeito... A prova disso é que ontem, em meio aos meus translados, me peguei pensando em situações que podem ocorrer no dia-a-dia, algumas não tão comuns, e nos foras que daria em cada tipo de ocasião... sempre com palavras ou frases que tenham o máximo potencial ofensivo... e, preferencialmente, que a pessoa fique pensando em se foi ofendido ou não... são as minhas prediletas... Sempre ampliando meu vocabulário.

Nunca tinha me dado conta de que eu fazia isso. Ficar "treinando" minha linguagem para o cotidiano...

É cada lapa de doido, né não?

Música do dia

Rock and roll... because it's friday, baby...



terça-feira, 26 de junho de 2012

Panfletário

Bicho... não é preciso ser muito inteligente pra chegar a conclusão de que, desde que a "esquerda" assumiu o poder, os políticos perderam a vergonha de roubar e de chamar o povo de imbecil.

Os novos políticos fizeram uso do que mais combatiam antigamente, a famosa impunidade, para vilipendiar o país, em todos os sentidos, sem o menor pudor. Aliás, pudor é uma coisa que o povo por aqui nem sabe o que significa.

Pra piorar, reeditam os erros da antiga "direita", de maneira amplificada, o que faz com que qualquer pessoa que tenha 10% de discernimento e coerência perca as esperanças no Brasil. Somente o povo, grande massa sem educação (que a antiga "esquerda" tanto defendia e hoje ignora solenemente), continua cantando "eu quero tchu" enquanto PT, PSol, PCdoB, PMDB, PSDB e tantas outras siglas imorais colocam na sua rima.

E ainda fazem o povo de idiota ao criar alianças, antes, inimagináveis. Todo um passado ignorado sem o menor pudor. Afinal, como citei acima, ninguém, aqui, sabe o que isso significa.

Meu discurso ficou meio (muito) panfletário, eu sei. E eu faço de tudo pra não me meter em política (já que, pra mim, no Brasil, política é como merda: quanto mais mexe, mais fede!). Mas por mais panfletário que seja, eu não falo de política. Falo de coerência; de caráter; de índole; de discernir e pensar. Alguém ainda sabe o que é isso?

Reflexões vespertinas




Um dia eu tiro o escafandro e, aí, verão porque me afogo...

Música do dia

Perfeição...

.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Senso... (ou falta de...)

Tem coisas que eu nunca vou entender nas mulheres. Vaidosas, fazem todo um verdadeiro ritual pra se arrumar e sair. Depilação, cabelo, maquiagem, etc... Tudo pra estar radiante na hora da balada...

Mas já pararam pra pensar que não é nem um pouco bonito sair de casa usando aquela touca que parece meia na cabeça? Sábado, a tarde, no supermercado, vi pelo menos umas 20 com essa coisa na cabeça... fica bonito que só, viu?

Sei não...

Chovendo no molhado...

Eu tenho certeza que a Vênus Platinada tem o relatório do Ibope em tempo real. Ou seja, eles sempre sabem como está a audiência no exato minuto em que tudo está acontecendo. Então ninguém pode culpar a programação péssima que as TV's abertas põem no ar. Se não for audiência, que outro motivo teria pra se segurar um imitador de pássaros durante meia hora, aproximadamente, em um programa de auditório? Só podia estar dando audiência.

Consigo até imaginar as famílias em casa:

- "Mãe... !!! Vem ver! O homem vai imitar o curió papudo da barriga fúscia".

- "Será que ele consegue imitar um pássaro Dodó das Antilhas? Duvido... esse é muito difícil..."

- "Ah, mãe... mas ele imitou um Uirapuru. Toda pessoa que imita um Uirapuru merece respeito".

Essa última frase (sobre quem imita o Uirapuru) foi real... dita no programa.

Portanto, amigo, pare de reclamar da programação das TV's abertas. Elas dão o que o povo quer ver. Vá reclamar da educação que não é dada à grande maioria da população. A falta de educação de um povo é o que faz a programação das TV's...

Músic do dia

Pra uma segunda-feira em que acordei com dor de dente, surdo do ouvido esquerdo (consegui a proeza, mais uma vez, de deixar entrar água no meu ouvido durante o banho), a música tinha que ser boa...



domingo, 24 de junho de 2012

Dos males...

É... dos males que afligem o ser humano, um dos mais nocivos, na minha humilde opinião,é a ansiedade. Ô sentimentozinho pernóstico...

Chico, o Buarque, dizia que "saudade é limpar o quarto do filho que já morreu"... Longe de mim me comparar, mas sobre a ansiedade, eu poderia dizer que "ansiedade é esperar uma mensagem que não vai chegar"...

Junto com o stress, é um dos grandes males do homem moderno.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sabedoria Buarqueana

Colaboração involuntária da sempre querida Caty...

 
"Ouça um bom conselho
Que eu lhe dou de graça
Inútil dormir que a dor não passa
Espere sentado
Ou você se cansa 
Está provado, quem espera nunca alcança..."

Bonzinho

Durante a hora do almoço, discutia com amigos do trabalho (importante dizer que eram duas mulheres e dois homens) sobre como deve ser a pessoa em um relacionamento. As duas mulheres disseram que homem muito bonzinho se lasca; é logo desprezado... posso atestar essa afirmação. As duas embasaram sua teoria de que "água morna não faz nem chá nem café...". Argumento muitíssimo forte...

Nós, os homens, endossamos a teoria e ainda acrescentamos que mulher boazinha demais (no sentido de prestativa e, logo, grudenta) também se ferra. O homem enjoa logo e manda passear na primeira oportunidade.

Depois de tanta elocubração, chegou-se a um consenso: talvez ninguém consiga saber qual é a dosagem ideal de bem e "mau", mas "bonzinho" só se lasca, mô véi!

Eu vivo dizendo...


Não é segredo nenhum. Se todo mundo fizesse sexo logo quando acorda, o mundo seria um lugar bem menos estressante e estressado...

Música do dia

Show... 

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Meio ambiente

Eu acho engraçado o povo ficar falando de consciência ecológica e sustentabilidade no Brasil. Logo aqui, onde o povo nem, sequer, sabe o que essas palavras significam...

Quer saber como proteger o meio ambiente no Brasil? Simples: E-D-U-C-A-Ç-Ã-O!  Com educação, consciência ecológica e sustentabilidade se tornam consequência. Afinal, povo educado não provoca desmatamentos (pelo menos não sem reflorestamento), não joga lixo nas ruas nem nos canais, pratica coleta seletiva, etc, etc, etc...

Logo, quer preservar o planeta? Eduque...

Música do dia

Yes... i feel so good...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Inverno

E hoje, às 20:09hs, começa oficialmente o inverno... Tempo ideal para o sexo na chuva... Simbora!!!

Sobre o blues de hoje...

Hoje existem 3 motivos confirmados e mais uns 3 a serem confirmados (além do fator surpresa que sempre tem nos agraciado) para ninguém que curte blues perder a Jam no Bazza. O primeiro é que Bianca Vieira (a dona da voz do primeiro video) confirmou presença. Ela ainda prometeu levar seus fieis escudeiros da banda Vintage Pepper (Bianca Vieira - voz, Joubert Maklane - guitarra, Sérgio Liova - baixo, Fernando Furtado - bateria). Então a jam já promete se alastrar pelos violões, com presença de um baixo.

O segundo motivo é a, também confirmada, presença de Léo Falcão (dono da voz do segundo video). Ele que, além de cantar, ainda é a única pessoa que eu já vi fazer solo de pandeirola. Se euu conseguir uma pandeirola, levo e vocês verão do que estou falando.

O terceiro (mas não menos importante, longe disso...) motivo, é a também confirmada presença de Isabella Carrazone (a dona da voz do terceiro video). Mesmo gripada, ela confirmou sua presença na jam de hoje a noite.

Outro baixista que ficou de aparecer foi Fred Xavier e sempre tem aqueles que aparecem sem avisar, mas que provocam uma imensa alegria em nós, da Handmade Blues, e em quem os escuta tocar.

Só pra vocês entenderem do que estou falando, vejam e ouçam os videos... verão que não faço exageros...

 

Quartas de Blues no Bazza:
Hora: 21 horas (pontualmente)

Local: Bazza (R. Sebastião Alves, 273, Parnamirim, em frente ao Fiteiro)

Música do dia

Gosto mais da versão original, mas essa ficou boa também... e com video...



terça-feira, 19 de junho de 2012

Frase do dia

"Não pago por sexo para ter alguém comigo. Pago por sexo pra que esse alguém vá embora logo depois."

Jack Nicholson (o mestre)

Escolha a legenda

Escolha a legenda para esta foto:





01) "Eu quero que o povo se exploda". Justo Veríssimo

02) "Esta terra que eu amo, este povo que eu piso". O rei de Jô Soares

03) "Esqueçam o que eu escrevi". Fernando Henrique Cardoso

04) "Os fins justificam os meios". Maquiavel

05) "Diz-me com quem andas que eu te direi quem sóis". Provérbio popular

06) "Estou otimista porque estamos reduzindo as taxas de interesses dentro do Brasil.". Luís Inácio "Lula" da Silva

07) "Quem quer que seja que ponha as mãos sobre mim para me governar é um ursurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo". Proudhon

Música do dia

Clássico...

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Piadinha...

Sabe aquela piada: 

"Fiado só para maiores de 80 anos e acompanhado do pai ou da mãe"? 

Não vale para os filhos de Oscar Niemeyer

Por que será?

Já notaram que os supermercados mudaram a nomenclatura de alguns caixas? 

Antes, eles eram chamados de "Caixa-rápido". Hoje, são chamados de "Caixas para pequenas compras". Por que será?

Reciclagem

O melhor das piadas que os torcedores fazem com os times rivais é que elas são usadas contra eles mesmos no decorrer de um campeonato... 

É a reciclagem no mundo humorístico graças ao futebol.

Música do dia

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Dou os parabéns?

Olhe... eu não sou cientista político, analista político, sociólogo ou algo do gênero... Longe de mim. Apenas sou um constatador da realidade. Posso me equivocar, é vero... mas como, na grande maioria das vezes, basta ser coerente para constatar a realidade, quase não me engano...

Enfim, o que quero dizer é que o prefeito da Venérea Brasileira conseguiu um fato inédito, pelo menos pra mim: ele não tem a simpatia de seus eleitores, não tem a simpatia do povo da cidade e, pra piorar, não tem a simpatia nem do povo do seu partido. Ele é quase uma unânimidade (ainda tem aqueles que trabalham com ele e gostam do que ele faz, além de sua família, claro).

Nunca tinha visto isso... dou os parabéns?

Música do dia...

Eu juro que amanhã esta "coluna" volta a ser vespertina...


terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia dos namorados

"Cabe à mulher casar-se quanto antes e ao homem ficar solteiro o maior tempo que poder."
George Bernard Shaw

"Antes solteiro no dia dos namorados, que namorando no carnaval."
Matheus Peixoto Phillipi

"Um solteiro pode ser tão idiota quanto um homem casado, mas ele ouve isso menos vezes."
Provérbio francês

Feliz dia dos namorados... eheheheheheheh

Música do dia

Demorô mas saiu...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Música do dia

Esta vem do tempo que eu assistia ao Som Pop (programa de Clipes exibido na TV Universitária na década de 80)... Boa sexta pra todos...

 

terça-feira, 5 de junho de 2012

Aprender...

Ontem, fui com minha filha a uma lanchonete onde tem um pula-pula. Ela quis ir pra lá por esse motivo. Tranquilo. Só que apareceram duas crianças e minha filha logo quis ir se enturmar. Eu incentivei... "Vá lá, filha, diga oi". Ela foi... disse Oi, mas as crianças nem aí pra ela. Aí eu disse: "pergunte se elas querem brincar". Ela perguntou e ouviu um não (bem desaforado inclusive). Logo, ela veio chorando copiosamente pro meu colo porque as crianças não queriam brincar com ela.

Eu já ia começar a explicar a ela a minha visão de ser social. Já ia dizer "Esquece isso filha. Nenhum deles tem a menor importância. As pessoas são idiotas e não valem a pena. É sempre melhor ficar só, filha... ignore as pessoas, o que elas dizem, o que pensam (principalmente o que pensam sobre você), não se importe com elas e você vai ser mais feliz. Vamos pra casa que papai brinca com você".

Mas me detive. Não sei porque achei melhor não dar a minha visão de mundo pra ela. Não acho que eu esteja errado (muito pelo contrário). Realmente prefiro ficar só ou, no máximo, rodeado de um pequeno (cada vez menor) seleto grupo de pessoas, quando estas quiserem... E quando não quiserem, eu adoro minha companhia tanto quanto a deles, logo... 

Mas achei melhor não fazer isso. Talvez, se eu mostrasse a minha visão de mundo, eu estaria pulando etapas pelas quais ela vai ter que passar.

Eu disse: "eles não conhecem você, filha... aí estão com vergonha". Ela ainda chorou um pouco, mas falei pra ela que era melhor brincar comigo. E quanto mais feliz ela ficasse, mais crianças iriam querem brincar com ela e que ela ia poder escolher com quem brincar. Logo apareceu uma terceira criança, irmã das outras duas e um pouco mais velha, que foi brincar com minha filha, que logo esqueceu as outras duas... que ficaram olhando...

Claro que, sendo eu o Demo, não podia deixar de ser quem sou. Paguei a conta, comprei zilhares de pirulitos e dei pra minha filha, pra ela ir segurando... Falei pra ela dar um pra a amiguinha nova... ela deu... e logo as outras duas crianças ficaram olhando e foram se aproximando... Mas eu a peguei pela mão e disse "Vamos pra casa brincar mais?". E ela sorriu pulando e disse "Vamos..." E fomos... enquanto as outras duas crianças ficaram olhando pra ela...

Não pretendo tornar minha filha um ser anti-social como eu... Mas não quero que ela se importe com a atitude/opnião das pessoas porque quero evitar que ela se entristeça com coisas sem importância. Afinal, pessoas vão e vem, em sua grande maioria, sem nenhuma significância... Então, enquanto o mundo não se transforma no "lugar ideal", vou mostrando, de leve, como as coisas funcionam...

Música do dia

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Nuvens negras...

O que seria da acidez e do sarcasmo do Junkie sem a valorosa contribuição de Rafael Araújo. Eis, aqui, mais uma observação de Rafael, de muita relevância, sobre o dia-a-dia...
"Hoje vi uma reportagem na tv que começava mais ou menos assim: "Quando as nuvens ficam escuras no céu, Dona Maria começa a se preocupar com o risco de deslizamento de barreiras".

Acho que Dona Maria se preocuparia mais com nuvens escuras no chão, porque seria a casa pegando fogo".

Ajuda

Uma das frases que mais escuto no meu trabalho e, consequentemente, a que mais odeio é "me ajude". Vocês não tem noção de como o pessoal que quer vir ao programa usa essa frase. 

Os acompanhamentos variam... Alguns dizem "me ajude que Deus vai lhe ajudar"... outros dizem "me ajude que eu lhe ajudo" e há os que somente dizem "me ajude". Na verdade, a que mais odeio é "ajude seu amigo". Quanta pretensão... além de querer ajuda, se achar meu amigo... É pra se lascar...

O simples fato de ter uma banda não quer dizer que você já pode aparecer na televisão. Não quer dizer nem que você já possa sair se apresentando por aí. Há que se ter senso... principalmente senso de ridículo. Vocês (não sei porque eu sempre acho que tem mais de uma pessoa lendo o Junkie... pretensão a minha) não tem idéia da quantidade de CD's que chegam a mim de "artistas" que não tem a mínima qualdiade exigida para fazer uma apresentação num Show de Horrores e Aberrações. Quanta gente sem noção nesse mundão de meu Deus...

Outra coisa: eu sou do tempo em que, pra se tocar na televisão, a banda tinha que ralar muito: trabalhar com afinco suas composições, correr atrás de shows, de rádios (se bem que rádio, basta pagar que você toca), fazer um nome e, aí sim, ser chamado (não ficar implorando) pra tocar na TV.

Eu tenho uma banda há mais de 20 anos... e nunca liguei pra nenhuma emissora pedindo uma "oportunidade". As poucas vezes que apareci na TV por causa da minha banda foi a convite. Entendem a diferença.

Pra piorar, eu sei que tem uma pá de banda que, pra fechar show, promete ao contratante "divulgação na televisão". Por isso, essa ânsia de tocar na TV... mas eu não tenho culpa disso e não trabalho pra fazer favor pra ninguém.

Aos que dizem "me ajude que Deus vai lhe ajudar", eu rezo... rezo pra que se manquem e comecem a trabalhar pelo objetivo a que se propuseram. Não é uma aparição única na TV que vai mudar a vida de vocês (falo por experiência própria).

Aos que dizem "me ajude que eu lhe ajudo" eu ajudo a se tornar uma pessoa paciente... Que espere com paciência que eu seja demitido porque esse tipo de "acordo" eu considero um insulto. Não vou dizer que nunca vou me vender, mas até hoje, nunca ouvi falar de alguém que tenha dinheiro o suficiente pra que eu e mais 8 gerações minhas possam viver sem trabalhar.

E aos que dizem "ajude seu amigo" eu agradeço... Me fazem rir muito...

Música do dia

Bora simbora...

domingo, 3 de junho de 2012

Poder...

Desde que minha máquina de lavar quebrou que tenho descoberto, boquiaberto,o poder terapêutico de lavar roupas. É incrível...

Alguém deveria fazer um estudo sobre aquelas mulheres que vivem de lavar roupa... mas sem máquina... no braço. Garanto que todas devem ser bem humoradas...


Você, que gasta fortunas com seu terapêuta, analista, etc... experimente lavar roupa... Você pode descobrir que pode economizar horrores...

Sina

Finalmente estréia a "coluna". E com uma história que minha irmã me contou hoje. Sou o filho mais velho da família e puxei muito a minha mãe. Sempre fui mais parecido com ela que com meu pai. Minha irmã também. Sendo a terceira filha do casal, também puxou muito a minha mãe. Logo, Carol é muito parecida comigo.

Isso não seria nada demais se não vivessemos em Recife, a maior cidade pequena do mundo. Por ser parecida comigo, minha irmã sempre carregou a sina de, vira e mexe, ser parada no meio da rua por alguém perguntando: "tu é irmã do Demo"? E isso sempre a irritou... hehehehehehhe pobre Carol...

Bom, ela me contou que um belo dia, andava na praia e o (saudoso) Chico Sciense caminhava na direção contrária. Aí ele começou a olhar pra minha irmã. Olhava,virava o rosto, tipo aquela coisa de "eu conheço" essa garota. E Carol  já foi ficando p da vida (é de família, minha gente!!!). Quando ficaram perto, ela virou pra Chico e disse:

- "É... eu sou a irmã do Demo. Saco..."

E ele começou a rir... E seguiram andando... cada um na sua...

Imagino Chico pensando: "Só podia..."

Saudades, Chico.Um passo a frente e você já não está no mesmo lugar...

sexta-feira, 1 de junho de 2012

As pessoas certas...

Mais uma colaboração (involuntária) do meu colaborador Rafael Araújo, o ombudsman da estupidez humana... 

"Achei interessante ontem no concurso Miss Pernambuco a parte em que cada uma das cinco finalistas escolhia um envelope que continha uma pergunta pra ela responder. Eram questões do tipo "como resolver o problema da violência contra a mulher?" e "como acabar com a miséria do mundo?".

Ora, quem melhor dos que as candidatas a Miss Pernambuco para achar as soluções desses probleminhas, né?"

Música do dia