segunda-feira, 30 de abril de 2012

Música do dia

Há 29 anos atrás o mundo perdia o Hoochie Coochie Man, Muddy Waters. Sem dúvida um dos grandes nomes do blues e da música....


Muddy Waters
(04/04/1913 a 30/04/1983)

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Impotência

Conversando com uma repórter sobre uma pauta que ela foi fazer eu vejo o quanto o ser humano é capaz de ser desprezível...

A pauta que ela foi cobrir era sobre um garoto, aparentando uns 5 anos de idade, que estava dormindo dentro de um Shopping no Centro do Recife. Isso desde o dia 13 de março. A pauta consistia em ir com o pessoal do Conselho Tutelar até lá, pegar o menino, que estava sujo, com carrapatos, o escambau, e levá-lo para um abrigo.

No abrigo, o menino ve um ônibus e fala que é o ônibus que passava perto de sua casa. A equipe da TV consegue descobrir onde o menino mora... Vão até lá e encontram a família do menino. A mãe, drogada. A avó mandando levar o menino embora afirmando que se deixar ele lá ele vai virar traficante. Tanto não queriam o menino lá que nem deram queixa do desaparecimento. O menino volta para o abrigo, onde vai aguardar que encontrem um lar pra ele.

O agravante disso tudo: o menino tem uma irmã de 2 anos que é abusada sexualmente pelo avô. O conselho tutelar vai tentar conseguir a guarda da menina...

O pior é a sensação de impotência...

Música do dia

Uh... i really like...


quarta-feira, 25 de abril de 2012

E na redação da Rolling Stones Brasil... (parte 1)

Uma semana antes do show de Paul, na reunião de pauta:

Editor-chefe - Nós vamos cobrir a noite do Metal do Abril pro Rock e o Show de Paul, lá no Recife. Murilo, voce cobre o Abril. Tá aqui sua credencial pro Abril pro Rock.

Murilo - Mas chefe... eu queria ir pro MOA...

Editor-chefe - Bom... quando você for editor-chefe, você escolhe a matéria que você vai fazer. Enquanto eu for o chefe, você vai pra onde eu mandar. Paulo: você vai cobrir o primeiro show da turnê de Paul. Tá aqui seu ingresso.

Paulo - Arquibancada? Putz... tem credencial não?

Editor-chefe: Caraca... tá difícil assim, viu? Tu acha que quem traz Paul McCartney tá interessado em publicidade? Tu acha que quem traz o Paul precisa dar credencial pra jornalista? Só me falta vir com aquele discurso de que a imprensa é livre, blá, blá, blá... puta que o pariu... Toma aqui a passagem de vocês...

Paulo e Murilo - De ônibus?

Editor-chefe - Saco voces dois, viu? Tá pensando que o blog tá nadando em dinheiro, é? Quer moleza? Vão ser assessor de imprensa dos nobres deputados... e não me torrem mais o saco!

Paulo - Mas chefe... a gente vai chegar moído... e no dia do show...

Editor-chefe - Vão ter 3 dias pra descansar durante a viagem. Agora vão ali tomar "um chopps e 3 pastel" e me deixem em paz...

Este é um conto meramente opinativo onde nomes, fatos e funções podem coincidir com a realidade... ou não... é, apenas, a opinião do autor desinteressado e apático.

Parabéns a um Rei.

Se estivesse vivo, Albert King completaria hoje 89 anos. Parabéns a um dos reis...

 
Albert King - 25/04/1923 a 21/12/1992

Rapidinha...

Vistoria no Presídio Aníbal Bruno (Recife/PE) encontra drogas, álcool, armas e celulares com os presos. E isso é notícia? Notícia seria assim:

Polícia faz vistoria no Presídio Aníbal Bruno e não encontra nada ilícito.

Afinal, na última vistoria feita antes desta, tinham encontrado até um rádio em que os presos podiam ouvir as conversas da polícia...

Ê Brasilzão...

Música do dia

segunda-feira, 23 de abril de 2012

MOA: Eu não fui... nem o Venom, nem o Anthrax, nem o Rock and Roll All Stars, nem o Blind Guardian, nem...

O título, apesar da chacota, é a mais pura realidade. O Metal Open Air,que tinha tudo pra ser o festival do sonhos, conseguiu ser o maior fiasco da história do Metal Nacional. Não gosto de ficar falando de algo que não vi, mas foi mais forte que eu. Fiquei acompanhando pelo Twitter, Facebook, Mídia Especializada e Grande Mídia...


Muito do pouco do que foi prometido e anunciado foi cumprido. Mais de 15 bandas (ouvi dizer que foram 30) desmarcaram, entre elas Venom, Rock and Roll All Stars, Blind Guardian, Anthrax, e diversas nacionais. Todas pelo mesmo motivo: descumprimento de contrato (fosse pagamentos, passagens, estadia, o que fosse).

As poucas bandas que tocaram (incluindo o Megadeth) tiveram que enfrentar severos e diversos problemas técnicos. Dave Mustaine chegou a emitir uma nota em seu Facebook dizendo que se não fosse a equipe dele, não teria havido festival.
(foto publicada como sendo sinalização do camarim da banda)

Um camping, anunciado com seguranças, chuveiros e banheiros, na verdade era um estábulo onde as pessoas que montaram suas barracas ficaram se "divertindo" com o mau cheiro, sem banheiros, sem chuveiros e sem segurança. Muitas pessoas foram vítimas de furto. O caso estava tão grave que Ministério Público e Procon foram até o local do show para avaliar o que estava acontecendo.

A Lamparina e a Negri, empresas responsáveis, racharam e fizeram acusações mútuas. a Lamparina soltou uma nota oficial dizendo que cumpriu com toda a sua parte (iclusive, pelo que entendi, que conseguiu todos os recursos necessários para a realização do festival e que repassou pra Negri, encarregada de fazer o pagamento).


Enfim, todo um caos provocado, ao que parece, por amadorismo e/ou incompetência de quem se propôs a tal feito.

Só quem perde com todo esse fiasco é, primeiramente e diretamente, quem pagou e foi até o MOA e não teve direito a quase nada do que pagou pra ver, e toda uma cena Metal que vem sendo construída com trabalho árduo e sério e que fica com sua imagem manchada. 

Agora é esperar que esse fiasco seja apurado, responsáveis punidos e que todo um público, fiel (o mais fiel que eu jávi), não seja penalizado ficando sem grandes shows. Por que a vergonha, já corre o mundo...

Música do dia


sexta-feira, 20 de abril de 2012

Música do dia

Você, que le o Junkie, deve estar se perguntando: "E isso são horas?". Eu sei... mas o dia tá hardcore hoje... Por isso escolhi essa música... E quer saber? Tá reclamando por que? Cada uma...

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Só precisa mudar a ordem

Ê, Brasilzão sem porteira...

Depois que os baianos dominaram o Brasil com as vogais, agora, as duplas sertanejas entopem meus ouvidos com vocábulos com "TCH"... Tchu Tcha Tcha, Tchê tchê rê rê tchê, tchê... e por aí vai...

Se querem usar essas letrinhas, por favor: mudem a ordem... em vez de usar "TCH", usem "THC".

Fala sério...

Música do dia

terça-feira, 17 de abril de 2012

Blues no Bazza

Não podia deixar de citar que hoje, 17/04/12, a Handmade Blues estréia em nova casa. É o Bazza Bar (Rua Sebastião Alves, 273, Parnamirim, Recife - em frente ao bar Fiteiro). A casa é um local sofisticado, ideal para aqueles que apreciam o melhor da gastronomia contemporânea aliado a boa música. Possui um cardápio especialmente elaborado pela Chef Miau Caldas e ambientação cuidadosamente projetada pelo arquiteto Humberto Zirpoli. O Bazza é dividido em 3 ambientes: Lounge superior, Salão Principal e Terraço. Importante: a adega do Bazza se destaca pela imensa variedade de vinhos nacionais e importados e, no bar, você pode desfrutar dos melhores drinks, cervejas e coquetéis.

A Handmade vem com uma "formação alternativa". Como Kco Correa fica impossibilitado de tocar nos dias de semana, a dupla será fechada com Fernando Arroyo, um espanhol que toca violão maravilhosamente (e que vocês ainda vão uvir falar muito dele), e que, também, fará algumas vozes.

As jams ficam mantidas, um pouco mais comedidas pois não teremos amplificadores de guitarra nem guitarras, mas continuam, afinal, a alma da Handmade vem das Jams.

Vale a pena conferir. Além do blues que a maioria já conhece, comidas e bebidas de ótima qualidade. Simbora...

Serviço:
O que? Blues no Bazza
Quem? Handmade Blues
Quando? Terça (hoje), 17/04/12
Que horas? A partir das 21h.
Informações: 3048 - 3126

Vale (muito) a pena

Hoje, 17/04/12, acontece mais um edição do Músico no Metrô (na estação central do Recife, a partir das 18 horas). Não sei se é esse o nome do evento, mas na falta de um nome oficial, vai esse mesmo. Quem já esteve nos metrôs de Nova York e/ou Europa já teve o prazer de, ao esperar, ficar ouvindo um sem número de músicos que fazem das estações um palco.

O projeto, que já existe em outros estados e que foi "trazido" pra cá pelo produtor Cultural Giovanni Papaleo (o mesmo do Oi Blues by Night, Garanhuns Jazz Festival, e outros), é uma grande oportunidade de conhecer, gratuitamente, os artistas locais. 

Para o evento de hoje, foram anunciadas as seguintes atrações:Big John and the MidNight Men, Alexandre Santiago, HandMade Blues , Uptown Band entre outras atrações. 

Durante as apresentações, os usuários do metrô terão uma surpresa, as poetisas  Wanessa Sueny e Bernadete Bruto e o cordelista Altair Leal, também brindarão o público com recitais poéticos.

Quem puder e quiser ajudar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Todo alimento arrecadado será doado para uma instituição.

Projetos assim, que exaltam a boa música, faço questão de divulgar. Em tempos em que a grande maioria das pessoas ignora a qualidade no que diz respeito a música, poder ouvir gente que faz música de verdade, e de graça, é um grande alento e alívio...

Mais uma vez, meus aplausos para Giovanni...

Música do dia

Porque também tem blues nas terças, no Bazza Bar (Parnamirim, Recife/PE)

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Nada demais

O povo anda fazendo um escarcéu sem motivo por causa da decisão do STF de permitir o aborto de fetos anencéfalos. Aí, aquele povo que se acha baluarte da moral e dos bons costumes começa a bradar aos quatro ventos que a decisão não é humana, católica, kardecista, muçulmana, que a decisão é um atentado a vida, etc e tal.

Primeiro: o STF não está obrigando ninguém a abortar um feto anencéfalo. O que eles fizeram foi, apenas, permitir que a mulher tenha o direito de interromper a gravidez num caso desses. Ela não vai ser obrigada. Aborta se quiser.

Na minha opinião, só foi dado à mulher um direito que ninguém, seja pessoa, instituição, igreja ou estado, tem o direito de se meter.

Ninguém venha me dizer que uma mulher, que tanto quis um filho, vai ficar emocionalmente bem após gerar um mero doador de orgãos.

Quer buscar uma causa pra defender? Procure uma que tenha fundamento!

Conselho do dia

Sabiamente dado pela queridíssima Adryana BB (excelente cantora): 

"Hoje, sexta-feira 13, é dia do beijo. Cuidado pra não sair beijando assombração..."

1º Mundo

Garanhuns entra para o hall de cidades de primeiro mundo... devido a um crime. Sabe aquelas histórias escabrosas de serial killers canibais, ect? Que a gente só ouvia falar... que só aconteciam nos países de primeiro mundo? A coisa tá mudando...

Primeiro serial killer brasileiro que eu ouvi falar foi o motobloy paulista Francisco de Assis Pereira, que matou nove mulheres e foi preso 1998. Depois foi a vez do, na época estudante de medicina, Mateus da Costa Meira colocar o país em evidência após entrar em um cinema e, usando uma mini metralhadora, disparar a esmo contra pessoas da paltéia em 03 de novmebro de 1999. Mais recentemente, em abril do ano passado, Wellington Menezes de Oliveira, entrou em uma escola municipal de Realengo, no Riod e Janeiro e matou, sem nenhum motivo aparente, 5 crianças. Esses são os criminosos que colocarram o Brasil nas manchetes do mundo devido a seus "atos".

Claro que não posso esquecer de citar Chico Picadinho e, por que não, Galeguinho do Coque, Biu do Olho Verde e alguns outros que a história e o passar do tempo tenham deixado pra lá...

Mas desta vez, as manchetes vem de Garanhuns. E em grande estilo: um homem, sua mulher e sua amante mataram, esquartejaram duas mulheres, comeram pedaços da carne das duas e ainda (não confirmado) usaram a carne das duas em recheios de pastéis vendidos nas ruas da cidade. Pra dar mais molho ao enredo (que deve virar filme... com certeza... eu faria...), o homem do triângulo amoroso ainda escreveu um livro ("Revelações de um esquizofrênico"), com direito a ilustrações com figuras demoníacas, biografia, sumário e 34 capítulos onde narra os assassinatos das duas moças. 

O caso, que já estampa as manchetes dos principais jornais de Pernambuco, mostra que não é só no primeiro mundo que tem gente doida ao extremo. Gente doida tem em todo lugar do mundo. No Brasil, extremados, até que tem pouco, em virtude das discrepâncias que existem na Terra Brasilis...

Música do dia

Tem que ser Hard, tem que ser core, tem que ser Hardcore!!!


terça-feira, 10 de abril de 2012

Sobre pena de morte e outras soluções...


Outro dia vi um post que falava, muito bem por sinal, sobre a pena de morte. Eu sou a favor. Confio na lei de Talião e na terceira lei de Newton. Não acho justo que eu e mais alguns milhares de cidadãos que cumprem com suas obrigações, banquem alimentação e moradia de estrupícios que não tem o menor apreço pela vida humana. Se não tem apreço pela vida, que morra! Não de despesa pra ninguém. Muito menos pra quem não quer nem merece essa despesa. Morte a quem mata, simples assim. É assim que eu penso e se você discorda, é problema seu.

Mas aí, mas uma vez, sou obrigado a me questionar sobre a eficácia da pena de morte no Brasil, levando em conta a idoneidade de quem faz e julga as leis. Se não estou enganado, nos Estados Unidos, onde também existe corrupção mas não endêmica como no Brasil, cerca de 30 pessoas (talvez um pouco mais) foram condenadas a morte sem ter culpa. Isso desde que a pena capital foi implantada.

Aqui, pelo que vejo de "justiça" na Terra Brasilis, 30 inocentes seriam julgados e executados nos primeiros dois dias de vigência da lei. Então, qual a solução pra não ter que sustentar esses parasitas homicidas?

De leigo que sou, a única alternativa que encontro, que leio sobre e que escuto falar muito bem, é a privatização do sistema carcerário. Privatizando as prisões, elas seriam geridas por empresários e teriam que se sustentar. Empresários não aceitam prejuízos. Logo, os presos teriam que trabalhar, duro, pra poder ter direito a comida e teto para cumprirem suas penas. 

Cada tipo de criminoso desempenharia um trabalho. Os homicidas, estupradores, pedófilos e demais praticantes de crimes hediondos pegariam os piores trabalhos: limpar fossas e esgotos, quebrar pedras, carregar peso, etc. Todo trabalho que exija esforço extenuante seria dado a essas aberrações. Demais trabalhos seriam dados seguindo o mesmo preceito. 

Com essa mão de obra, os presídios participariam de licitações para obras públicas, teriam seus serviços contratados pela iniciativa privada e, claro, seriam responsabilizados por qualquer problema que seus geridos possam, por ventura, criar. Já viu empresário gostar de pagar prejuízo? Aí sim, preso preguiçoso não existiria ou seria severamente castigado.

Não parece simples e eficaz? Posso até estar errado por não conhecer nem entender de administração. Afinal, só entendo o óbvio

Música do dia

É por aí...

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Quando diz que arruma...

Mais uma do inoxidável Rafael Araújo. Passada da semana santa, ele nos brinda com um ensinamento bíblico.

"Ensinamento bíblico dessa semana santa: Deus criou Adão e Eva, que tiveram dois filhos chamados Caim e Abel. Eles eram os únicos habitantes do planeta. Um dia Caim se arretou, matou Abel, fugiu, arrumou uma nêga e constituiu família com ela.

Conclusão: quando um homem diz que vai arrumar uma nêga, pode ter certeza que ele arruma, nem que não exista mais ninguém no mundo."

E nasce um herói...


Sempre tive vontade de fazer isso... O máximo que já consegui foi fazer um pregador descer do ônibus depois de um "pequeno debate ideológico".

Agora, o que me pergunto é o que esses evnagélicos tem na cabeça (fora um distúrbio) pra se acharem os emissários do  Altíssimo e que tem autorização divina pra encher o saco dos outros e vias e veículos públicos? Cada um tem crença e sua maneira de crer... tentar impor a sua, fruto de lavagem cerebral, não faz de você especial... ou até faz... mas só no sentido de ser retardado...

Música do dia

A pegada é essa...

quinta-feira, 5 de abril de 2012

E por falar em inferno...

... lá deve ser um lugar massa. 

Se a gente for levar em consideração a quantidade de gente talentosa nas mais diversas áreas (música, literatura, artes cênicas, ciências, filosofia, etc) que eram considerados adoradores do diabo e que iriam queimar no inferno, e na quantidade de erros, gente aculturada, analfabeta, apedeuta e demais discrepâncias que encontramos nos mundos católicos e evangélicos, por favor, quando morrer, quero ir pro inferno. O povo que tem lá é mais legal...
 
I'm on a highway to hell...

 

Ao inferno e além

Outro dia postei no meu perfil do Facebook uma frase que achei muito bacana e pertinente:

"Onde tem mais falso moralista: no inferno ou no Facebook?"

Fala sério... o povo começou a postar tudo o que acha bonitinho, digno, decente... mesmo que não pratique o posta. Surgiram, de um hora pra outra, zilhões de defensores dos animais... zilhões de defensores do planeta, milhares de ateus de última hora, milhares de católicos pré-fabricados, pencas de filósofos, defensores da pluralidade sexual... é tanto defensor pra tanta causa... Algumas chegam a ser absurdas.

Uma que vi dizia: "Não financie o tráfico de vidas. Não compre animais, adote". Chega a ser plágio da campanha pró Maconha: "Não financie o tráfico de drogas. Não compre, plante!"

O que é mais chato nisso tudo é que menos de um terço (e olhe que tô exagerando) pratica o que posta e/ou prega. A maioria pensa uma coisa, fala outra e faz outra.

Quero deixar claro que falo e (as vezes escrevo) palavrões, adoro animais assados, uso sacolas plásticas pra "guardar" lixo (o que me lembra uma pergunta que fiz anteriormente), creio em Deus mas não sou católico nem evangélico (graças a Deus), sou totalmente (e irrestritamente) a favor do sexo antes do casamento e do sexo casual, respeito a opção sexual de todo mundo, mas não deixo de zoar ninguém por causa disso (gays, héteros, lésbicas, duendes, leprechauns, Mair Maia, coelhinhos da páscoa, papais nóeis, etc) e se você se sentir ofendido com algo que posto no Junkie ou no Facebook, é problema seu!!! Eu até posso ir para o inferno. Mas vou feliz por não ir para o mesmo lugar que você.

Povinho chato do cara......................

Música do dia



quarta-feira, 4 de abril de 2012

Parabéns 2


Também se estivesse vivo, Robert William Gary Moore, vulgo Gary Moore (04/04/1952 a 06/02/2011), estaria completando 60 anos.

Obrigado Gary...

Parabéns 1




Se estivesse vivo, McKinley Morganfield, vulgo Muddy Waters (04/04/1915 a 30/04/1983), estaria completando 97 anos.

Obrigado Muddy...

Música do dia


Nem conhecia a banda... bacaninha... fui mais pelo título... Imensamente adequado para hoje.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Mais uma vez...

... faço minhas as palavras de Daniele Van-Lume. Além de estar bem contextualizado com o dia de hoje,  a perfeição desse texto, contextualizado ou não, é uma obra de arte... Me torno cada vez mais fã de Dani (ainda vou descobrir qual é o blog dela...)

Conectivos e intransitivos
por Daniele Van-Lume
"Rir nem sempre é bom... Depende da preposição. "Com" alguém é bem diferente de rir "de" alguém. Nem sempre os verbos são os vilões. Às vezes o que estraga tudo são os conectivos. Preposições, conjunções... Os advérbios e os objetos diretos também podem estragar. Os indiretos podem ser piores, principalmente quando acompanhados de adjetivos... Todos esses, quando empregados fora de hora, podem estragar toda a oração, todo o sentido, toda a realidade. Tudo o que foi dito. Mas o português é sábio, nos dá escolhas, muitas vezes incisivas: são os verbos intransitivos. Não é necessário muito, aliás, nada. Calar e viver são intransitivos extremamente sábios. Pena que este último, dificilmente, estará na sua forma "mais-que-perfeita". Muitas vezes está no pretérito imperfeito, mas o mais importante de tudo isso, é que o primeiro intransitivo em questão esteja sempre no presente do indicativo. Indicando sabedoria. Por isso, hoje, o melhor a fazer é calar."

Música do dia


Mais uma vez, sem a menora paciência... que estranho, né?

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Não entendo...

Um dos costumes ocidentais que não compreendo e não gosto é o tal do velório. Nada mais descabível do que tal "reunião". Até mesmo aquelas em que rolam comes e bebes...

Tal reunião só serve pra deixar mais tristes aqueles que acabaram de perder alguém querido. Afinal cada parente e/ou amigo que chega para você para prestar condolências é como se dissesse:

- "Não esquece: fulano/a morreu!"

A perda é lembrada a cada instante... como se a gente fosse esquecer...

Fala sério. Já deixo aqui minha vontade de, quando morrer, ser cremado, sem cerimônia, sem velório, sem nada. Apenas me queimem e deixem minhas cinzas onde mais lhes convier.

Música do dia


Pra começar a semana gerando na alta...