terça-feira, 30 de novembro de 2010

Fim de mês...


O final do mês é sempre uma tristeza... Veja o final de novembro, por exemplo. Recebi o salário, a primeira parcela do 13º, já tô liso e nem paguei tudo...

Quem mandou ser honesto, trabalhar com TV e fazer bicos como músico, né?

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Na minha opinião...


O povo tá em extâse com as ocorrências lá no Rio de Janeiro. A tomada do Complexo do Alemão está sendo tida como um marco da sociedade organizada contra o crime organizado, mais conhecido como tráfico.

Uma mega-operação jamais vista antes envolvendo a PM e a Polícia Civil carioca, o BOPE, a marinha, a aeronáutica e o exército, além da Polícia Federal. Faltou chamar a Liga da Justiça, os Justiceiros, a Liga Fantástica e os X Men.

Numa operação, onde era esperado um "banho de sangue", a Liga Carioca da Justiça tomou o morro em duas horas e de banho, só de xixi, pelo que pude ver em fotos divulgadas do elemento conhecido como Zeus, um dos acusados de matar o jornalista Tim Lopes, que teria se mijado na hora em que foi preso.

Minhas considerações: na minha opinião, o que aconteceu é que os traficantes devem ter deixado de pagar "proteção" a algum político influente, que ficou puto e mandou descer a lenha nos safados. Por isso a mega-operação.

Outra coisa que a operação deixou bem clara é a falta de vontade. O tráfico de drogas domina a área em questão, pelo que vi nos jornais e TV's, há 31 anos. Bastou uma queima de carros (que nem foi essas coisas todas) e, claro, a proximidade de uma copa e uma olimpíada, que logo se juntou todas as forças e fizeram o que fizeram.

Todo o material usado, inclusive o humano, sempre esteve a disposição do governo. Mas parece que só agora descobriram que podiam usá-lo, ?

Bom... apesar do(s) motivo(s), a paz parece voltar a reinar no Rio. Eu, pessimista que sou, vou esperar as cenas dos próximos capítulos. Na verdade, achei tudo muito fácil... até meio fake. Pai entregando filho bandido foi meio "o bem vence o mal" demais, ?

Sobre a enquete...

A nova enquete não tem nenhum motivo especial. É mais pra traçar um perfil de quem visita o Junkie. Não que eu vá mudar, acrescentar ou algo do gênero a meus comentários sobre os estilos musicais... é mais curiosidade mesmo. Respondam...

Estranho...


Chegar às 09:49am no trabalho e ainda encontrar café na copa... é estranho... muito estranho...


E assim começa a semana...

sábado, 27 de novembro de 2010

Mais uma vez de última hora...


Parece brincadeira mas não é não. Hoje, 27/11, tem mais uma apresentação da Handmade Blues. A segunda desde que foi criada (estreiamos ontem...). Aí você chega e diz:

- Pô... não dá pra avisar com antecedência não? Pra gente poder se programar e tal?

Adoraria fazer isso, mas as coisas acontecem exatamente assim. Eu tava dormindo quando o telefone tocou e uma voz do outro lado perguntava:

- Tu pode tocar hoje no Caravelas?

Sabe como é a secura, né? Aí, por isso, tô avisando vocês agora...

Ontem, a estréia da Handmade foi bem bacana... o entrosamento tá voltando, muito feeling e mais gaitas na jogada (Caco toca gaita muito melhor que eu). Hoje, a bagaceira deve ser grande pois já tá confirmada a primeira jam da Handmade Blues: Deco Machado, baixista, desenrolou um "baixolão" e vai nos acompanhar na tertúlia hoje.

No repertório mais e melhores blues, no formato acústico, com clássicos do blues mundial e pérolas do cancioneiro nacional adaptadas ao ritmo que vem dos algodoais do Mississipi.

Então deixe de reclamar que foi avisado de última hora e vá. Tanta coisa legal acontece de última hora... inesperadamente... essa é mais uma... eheheheheheheh

Então a gente se ve lá no Caravelas (rua do Bom Jesus, ao lado da sinagoga, Recife Antigo), a partir das 22hs.

Serviço:
O que? Apresentação da Handmade Blues
Onde? Caravelas. Rua do Bom Jesus, Recife Antigo.
Quando? Hoje, 27/11/2010
Que horas? A partir das 22hs

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Handmade Blues estréia hoje.

Em cima da hora, eu sei... Mas eu vou fazer o que se o povo me chama sempre em cima? Deixando essa questão de lado, hoje, 26/11, acontece a estréia do meu novo projeto acústico: a Handmade Blues.

Desta vez, como havia dito antes, o meu parceiro será Caco, fundador da Black Cat Bone e que voltou a morar no Recife. Caco assume o outro violão, as outras gaitas (yes... agora são dois tocando gaita) e os backing vocals...

Também como eu já disse antes, Caco é a melhor base com quem já tive o prazer de tocar. Tocamos juntos na BCB tendo como vocal, primeiro, Alexandre (que também fazia gaita) e, depois, Cássio Curchatuz.

No Handmade Blues, o vocal fica por minha conta. Mas antes de torcer o nariz, afirmo que cantando direitinho... Duvida? Vai lá ver...

A estréia da Handmade acontece no Banquete Bar, onde costumava tocar com a BCB até pouco tempo atrás. Espero vocês por lá. Afinal, mais e melhores blues? Não é todo dia, ?

Serviço:
O que? Estréia da Handmade Blues
Onde? Banquete Bar e Restaurante (Rua Capitão Lima, 195, Santo Amaro, quase em frente a TV Jornal)
Quando? Sexta, 26/11
Que horas? A partir das 22hs
Informações: 3423 9427

Mais no ônibus...


Hoje foi o dia das "doidonas". Esperando o ônibus na parada... quieto na minha... Para um ônibus, que não era o meu e uma galega (até bonitinha) bota metade do corpo pra fora da janela e grita perguntando:

- "É do rock ou do reggae?"

A quem ela estava perguntando? Adivinha... O povo era mais quieto antigamente...

Chega meu ônibus, subo... me sento... e senta uma guria do meu lado... a maior cara de porra-loca. Sem o menor medo de parecer (e ser) rídicula, vira pra mim e exclama:

- "Pô... mó "stáili" essa tua pulseira..."

Ela estava se referindo a faixa que uso no braço por causa da epicondilite lateral, cujo a função é amenizar a dor e deixar o tendão mais tempo em repouso...

Tem salvação pra esse mundo??? O que esse povo tá usando no café da manhã...??? Putz!!!

E por falar em Jack Daniels...



Vem aí uma grande e ótima notícia pra quem gosta de Jack Daniels. Imaginem um barril de Jack, vindo direto do Mississipi, para ser degustado por você num bar... Imagine isso ao som do blues... e com outros atrativos que mais na frente eu vou divulgar... Tá mais perto que longe.



Não tem o Mac Dia Feliz? Agora vai ter o Jack Dia Feliz... eheheheheheh só que mensal. Assim que confirmar, divulgo por aqui...

Reunião de trabalho...

Só presta assim. Reunião de trabalho com Edmar Falcão, Alex Diniz e Junior na Cachaçaria Tradição. Resultado: uma garrafa de Jack Daniels a menos na face da terra, todo mundo feliz e um contrato (blues) quase fechado.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Retomando os projetos...



Alguns projetos voltam à vida... o que me deixa imensamente feliz.


A Dodge Band, minha banda de blues elétrico, volta a ativa. Na semana que vem os ensaios serão retomados. Em janeiro a gente se apresenta no Burburinho, no Roteiro Blues. Assim que tiver a data fechada, aviso.


Um outro projeto é o Handmade Blues. Esse é o meu mais novo projeto acústico. Deste vez minha dupla é Caco, um dos fundadores da Black Cat Bone e que voltou a morar no Recife. Caco é a melhor base com quem já tive o prazer de tocar. Portanto, podem esperar mais e melhores blues no formato acústico. Já tô em negociação com uma casa e dia 30 de dezembro, já tá marcadíssimo apresentação da Handmade Blues no bar Biruta, no Pina.


Só tá faltando o Fourpigs voltar a tocar. Mas Henrique, nosso baixista, tá de férias... fazer o quê, né?

Você sabe que precisa de férias quando..



... você acorda no domingo já torcendo pra que chegue a sexta.
... você atende seu celular como se fosse o telefone do trabalho.
... você já não tem mais ânimo nem pra dar esporro nos estagiários.

Dia Nacional de Ação de Graças


Custa nada lembrar que não custa nada sempre agradecer pelas coisas boas que acontecem na sua vida. Junto com o agradecimento, um "bom dia"/"boa tarde"/"boa noite"; um "obrigado" e coisinhas do gênero não vão te deixar mais cansado, com menos moral ou sei lá o que. Mostre que você é capaz de absorver boa educação.

Agora... se você acha que educação é coisa de "boiolinha", seu "bom dia" termina aqui e aqui vai o seu "foda-se". Se sua vida é uma merda, não queira dividí-la.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

God gave rock and roll to you too, Eric

Há 19 anos atrás morria um dos melhores bateristas que o Kiss já teve e que já pisou na face da terra. Eric Carr... a raposa do Kiss. O cara era muito bom... técnica, raça... Pena que morreu. Tá fazendo jams com uma galera massa no céu dos músicos bons. Fica um video que achei no Youtube.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Bom humor...

Queridas e queridos...

Este post é só pra dizer que não vai ter post hoje no Junkie. Tô de bom humor... e tô procurando um médico que conheça o código penal a fundo (piada interna...).

O Junkie não é nada sem meu mau humor... Mas o dia não acabou... quem sabe mais tarde, né?
eheheheheheheheheheheh

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sobre a enquete...


A última enquete tratou de assunto sempre em voga: políticos ficha suja. A pergunta era "Quem você acha que deveria punir os políticos ficha-suja?". Das 4 opções, 11% dos 9 votantes disseram que o povo deve punir esses políticos, o que prova que o cidadão tem mania de grandeza e quer ele mesmo baixar o sarrafo nos safados. Dá não, velho... dá não... eles tem segurança...

Outra opção votada foi a que atribuía a função punitiva ao Tribunal Superior Eleitoral... 22% achou que o TSE é quem devia punir os safados pra fazer jus ao salário que recebem. Era pra ser o TSE mesmo, mas como todos sabem, eles não fazem idéia do que fazer sobre nada... nem a lei da ficha limpa eles conseguiram aprovar (ou não).

Continuando, 66% dos visitantes achou que quem devia punir a corja era o Cel. Nascimento, mostrando que o povo não quer só cadeia pra corrupto. Quer que ele vá preso depois de apanhar como cachorro sarnento. E quem melhor pra fazer isso que o Coronel, ? Pena que ele seja uma personagem... apenas ficção...

Absolutamente ninguém votou na polícia, o que leva a crer que o povo não confia nela... Também, ?

Bom... assim que tiver mais assunto, ponho outra enquete. Sugestões?

Frase para o resto da vida...


"Eu queria ter mais amigos... mas as pessoas são tão idiotas..."
Calvin.

PS: Queria ter sido o criador dessa frase...

Parabéns...(???)


Hoje, 22 de novembro, é dia do músico. Parabéns a todos nós/eles... inclusive aqueles que NÃO tocam o que gostam para poder sobreviver.




Uma maneira de atenuar a segunda-feira...


Uma maneira que descobri hoje que pode atenuar os efeitos da segunda-feira, pelo menos seu início, é atualizar o playlist do meu MP4. Fez com que o caminho até o trabalho, às 06:30am, fosse mais alegre...


Violent Femmes, Izzy Stradlin, The Rolling Stones e até Skid Row me fizeram bem pela manhã. Vamos ver se o dia continua assim...

domingo, 21 de novembro de 2010

Enquanto isso, na fila do supermercado...


Dá série "coisas que só acontecem comigo". Tô na fila do caixa do supermercado quando escuto uma criança atrás de mim:



- "Pai: ele é um homem ou uma mulher?"
- "Fala baixo menino..."

Sabe como é criança, né? Como não ouviu a resposta que queria...

- "Pai... fala... ele é homem ou mulher?"

O cidadão, percebi, estava todo errado... então resolvi descontrair a história... virei pro pai do menino e disse:

-"Relaxa... já tô acostumado... já me ofereceram até rosas... eheheheheheheh"

E virei pro menino e disse:

-"Homem... rockeiro... que toca guitarra, saca?"

Aí o menino virou pro pai e mandou:

-"Pai... eu quero uma guitarra..."

Fazer o que, né? Como dizem os franceses, c'est la vie. Provavelmente incentivei um futuro guitarrista. Só espero que ele não enverede pela senda do mal...

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Djavanês? E Fausto Fawcett, meu amigo...???


Tava lendo o outro blog de Sérgio Montenegro, o Arpejando. Um post sobre o "Código Djavan" (ehehehehe que eu achei uma sacada ótima, diga-se de passagem). Seriam as letras de Djavan um código? O que ele quer dizer com aquilo? Bom... quase que instantâneamente me lembrei de um cara que tenho ouvido direto no meu MP4, Fausto Fawcet. As letras do cara também não são um primor de objetividade...

"Loira polém sangue mel
Loira polém sangue mel
A luz do mel de sangue dela é leonina
Indonésia, Babilônia delícia
Loira arrepiante do amor
Loira arrepiante do tesão
Loira arrepiante da (ininteligível)
Loira arrepiante da glória do desejo
Seu espírito é espírito, licor de sangue mel
Seu corpo é hóstia loira do amém gostoso
Amém, Regininha, amém..
Fausto Fawcett - Regininha Poltergeist "
Que a letra fala da atual crente, é vero... mas onde está a concordância...??? Mas que Regininha era um espetáculo, ah era... Amém Regininha, amém...

Tem dias em que só o sexo salva(ria)


Putz! Tem dias em que pra não se estressar em demasia, só fazendo sexo antes de vir trabalhar, na hora do almoço e depois do trabalho... várias vezes. E não é qualquer sexo não... tem que ser daqueles de filme pornô, de 1 hora e 45 minutos de duração cada. E não é com qualquer parceiro... Tem que ser aquela cavala que você sempre imaginou (se você é mulher, converta para o sexo desejado).

Como, infelizmente, não é o caso... Olá stress. Tudo bom?

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Perguntas inquietadoras



Da série perguntas que nos deixam perplexos ou sem respostas:

Todo mundo é inocente até que se prove o contrário. Mas quando a pessoa é condenada e pode recorrer, ela ainda é inocente?

Pra quem não viu as anteriores

Perguntas inquietadoras 1
Perguntas inquietadoras 2
Perguntas inquietadoras 3
Perguntas inquietadoras 4

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

A única lei na qual confio.


A única lei na qual confio é a 3ª lei de Newton: A cada ação corresponde uma reação de mesma força e intensidade. Essa nunca falha...



O post é só pra lembrar que o mundo gira...

Pra quem não sabe...


...eu sou chato por opção. Foi difícil construir essa reputação. No início dos anos 90, eu parecia vereador de tanta gente que eu conhecia (ou de gente que falava comigo... nem lembrar de todo mundo eu lembrava... mas falava mesmo assim). Não sei porque isso. Acho que, por estar na faculdade, tocar em banda, rolava isso.


Com o passar do tempo fui vendo o quanto essa simpatia era desnecessária e, as vezes, prejudicial. Então comecei a minha longa escalada até minha postura atual: chato, arrogante e grosso. Tudo isso quando necessário, claro.


Passei a fazer de filosofia de vida aquela história de "quando sou bom, sou bom. Mas quando resolvo ser ruim, sou melhor ainda". E desde então tenho sido feliz (na medida do possível, né? Lembrem-se que as duas "profissões" que escolhi não me permitem a felicidade plena devido ao salário que pagam). Além de viver em paz, evito micos por não me constranger mais com situações do tipo:

- Lembra de mim?

- Não!


Pronto. Resposta simples, eficaz, que evita aquelas tentativas de "pesca", todas sem sucesso, de onde você tenta "pescar' alguma informação que remeta a de onde você conhece o/a infeliz que tenta te colocar numa roubada. Comigo mais não... Eu fico em paz... se a outra parte não, não é problema meu... afinal, não fui eu quem começou, não é verdade?


Isso serve, até, de alerta para aquelas pessoas que se sentem íntimas de todo mundo, inclusive daquelas pessoas com quem ela só esteve uma vez e, mesmo assim, só trocaram um "oi". Simpatia em excesso pode ter como resposta um não...


E eu adoro dizer não...

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Mais agradecimentos...

Pra galera que tem me dito que tá viajando no Junkie, meu muito obrigado. Meu mau humor tinha que servir pra alguma coisa, né?

Também os agradecimentos a galera da Polônia, França, Holanda, Suécia, Alemanha, Portugal, E.U.A, Espanha, Canadá, Chile... Os dos 3 últimos países citados sei quem são... mas os outros... me acharam como, hein?

Ainda não sei o que é pior...

Diga aí: o que é pior? Dois domingos ou duas segundas? É assim que estou me sentindo pós-feriadão: como se tivesse vivido dois domingos ou como se estivesse vivendo duas segundas...
Seja como for, ninguém merece...

Depois o povo não entende por que sou mau humorado


E tem como ser diferente? E olhe que acordei com minha filha me chamando pra brincar, me dando um beijo... mas não tem jeito: o resto do mundo se encarrega de trazer o mau humor a tona.

Tudo começa bem, como falei até chegar a hora de pedir um táxi. Ligo para o serviço de sempre, o Serv-táxi e, ok... fico com minha filha brincando, esperando o táxi... Tempo de espera de 15 minutos... o tempo vai passando, o horário do trânsito mais que caótico chega, ligo pra Serv-Táxi pra saber em que pé está a situação e escuto da atendente: -"Realmente senhor... já se passaram 30 minutos, mas nenhum motorista respondeu ao chamado. O senhor vai continuar aguardando?". Preciso dizer o que respondi?

Pois bem, pego minha filha e vou pra rua pegar um táxi. Ok... consigo rápido e vamos pela maravilhosa avenida Recife. O engarrafamento começava na descida do viaduto Tancredo Neves. O que normalmente é um translado de 15, 20 minutos, se transformou em uma hora dentro do carro.

Deixo minha filha com a mãe e vou pra parte divertida do dia: pegar um ônibus pra ir à TV. E foi divertido mesmo. O bus até que não tava tão cheio... mas como nada é perfeito nesse mundo, tinha que subir um crente pra começar a pregar... e bem do meu lado.

Eis que pego a maior invenção do mundo pra quem anda de ônibus, que é o MP4, e coloco no ouvido. Mas não podia ser tão simples assim. E não é que o crente se sentiu "ofendido" por eu não querer ouví-lo? Quando ele bateu no meu ombro, chamando minha atenção, enquanto tirava os fones de ouvido, agradeci muito a Deus por ter encontrado alguém em quem descarregar toda a ira, raiva, mau humor, etc que um indivíduo possa ter. Com todo o meu vocabulário, estudado com afinco para ser 100% eficaz no que se refere a insultar e humilhar qualquer ser vivo, desci a lenha no crente. De tanto que o povo riu, acho que o crente nunca mais pega um ônibus. Nem teve tempo de responder aos meus insultos. Botou a bíblia entre as pernas e desceu.

O começo do dia não podia ser de todo ruim, né? Chega a minha parada, caminho até a TV mais leve... calmo... e assim o dia segue (pelo menos até agora...).

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Perguntas inquietadoras


Da série perguntas que nos deixam perplexos ou sem respostas:

01) O trabalho dignifica... a quem? A quem trabalha ou ao patrão?

02) Querer é poder?


Fazia tempo que não colocava perguntinhas bacanas. Pra quem quer ver/lembrar as outras:

Perguntas inquietadoras 1
Perguntas inquietadoras 2
Perguntas inquietadoras 3

Uma dúvida (???).


Durante muito tempo eu considerei as mulheres burras por serem mais inteligentes que o homem e não terem dominado o mundo até então.

Já não penso mais assim. Apesar do poder, vamos colocar dessa forma, parecer estar nas mãos dos homens, não creio que sejam eles que o administrem...

Lembrem-se: elas acabaram com uma guerra na antiga Grécia apenas se negando a fazer sexo. Isso sim é poder... mas...

Quem tá por cima da carne seca? Não faço idéia... Se homens ou mulheres (ou quem sabe, até, o terceiro sexo já que, segundo João do Morro, hoje em dia o mundo é gay). O que eu sei é que da minha linha de raciocínio anterior, apenas uma coisa permanece: as mulheres são mais inteligentes que os homens.

Afinal, até pra parecer inferior tem que ser inteligente... Acho que é delas a afirmação de que "A mentira tem perna curta, mas usa prótese".

Mais uma enquete no ar...

...e desta vez o tema é impunidade. Ou punição. Tema tão atual e que, apesar da indecisão do TSE, tá em voga... então, votem...

Resultado da enquete


Mais uma enquete chega ao fim e seu resultado me deixou feliz. Dos 13 votos recebidos, apenas duas pessoas votaram na Lullalândia, o que mostra que o efeito do álcool dos últimos feriadões não passou pra eles e tudo é felicidade.

Quatro, já sóbrios, afirmaram que moram no Brasil; Dois, ainda de porre, disseram que não sabem onde vivem e 5, numa ressaca infernal, afirmaram que não vivem, sobrevivem apenas...

Como vocês podem ver, a vida no Brasil pode ser definida em A.A. (sugestivo, não Lulla?) e D.A. - Antes do Álcool e Depois do Álcool.

Para entender melhor a enquete, clique aqui.

Depois voltamos com nova enquete.

domingo, 14 de novembro de 2010

Pra você ver como é a vida...


Ontem resolvi ir à praia. Estranho, ? Também achei... mas fui. E lá, me deparei com uma equipe de TV fazendo alguma coisa... levou um tempo pra descobrir que era uma equipe do programa do Gugu (que agora está na Record).

Num primeiro momento, fiquei apenas babando com a infra da equipe. Além de produtor/diretor, cinegrafista e auxiliar, ainda havia mais um operador de áudio, mais um auxiliar, maquiadora e figurinista, além do repórter (claro) e duas assistentes (creio eu) cuja a função, pelo que entendi, era ser bonita e gostosa cada. Celulites aqui e ali, mas gostosas. Bonitas? Nem tanto...

Daí comecei a querer saber de que se tratava a matéria, que acho que era um quadro na verdade. Me sentei, pedi cerveja e fiquei olhando. O que era pra parecer espontâneo era tudo produzido. O quadro, pelo que entendi, consiste em fazer mulheres, supostamente "encontradas" aleatoriamente na praia, trocassem de bikini numa espécie de biombo que a produção levou.

Só que no lugar que eu estava, eles gravaram com 4 moças, todas já previamente marcadas/cpntactadas pela produção. A coisa foi tão gritante, que até arrumaram uma senhora, lá na hora, pra ser mãe de uma das moças. Fala sério...

Eu, aqui, não saio com metade da infra que eles tinham, e realmente fazemos a coisa espontânea, entre vários "nãos" que recebemos das pessoas que escolhemos para gravar. Nem sempre a gente acha gente bonita, como as produzidas pela equipe paulista, mas aqui, a gente faz tudo de verdade. Não há encenação... Ok... isso enche meu ego... mas só um pouquinho...

sábado, 13 de novembro de 2010

Fazendo contas...


Desde o dia em que parei de fumar (28/08/09), deixei de fumar 8.880 cigarros (eu fumava 20 cigarros por dia, ou seja, um maço. Quando bebia, esse número aumentava, então coloquei a média sem beber) e economizei (se o Marlboro ainda for R$ 4,25, preço que eu pagava na época por maço) R$ 1.882,75.

Se eu tivesse juntado essa grana, quase daria pra comprar minha Les Paul (da Epiphone, claro...)

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Pra ser bem franco...

Pra falar a verdade, eu já nem viajo tanto em futebol. Torcendo pelo Náutico então é que não tem como...

Mas é ótimo zoar com os rubro-negros. Pense num povinho que pega ar... KKKKKKKKK

Recomendo (banda)


Ontem fui ao Burburinho pra festa dos Amigos de Jô Pinto... uma grande Jam com bastante gente: Morcego, Xandinho, Roberto Leite, Lula Cortes (que foi um show a parte) e a galera dessa banda que quero indicar.

É a banda Epcos.
Eles acabaram de voltar de uma "tour" por Sampa. Eu já tinha sido convidado a vários shows deles, mas na minha correria, nunca consegui ir.

Finalmente os vi ontem. Caraca! Muito show de bola. Um som instrumental, bem setentão, com muito vigor e executado de maneira magistral.
Todos são grandes instrumentistas... É muito massa o som deles.

Portanto, se ficarem sabendo de algum show da Epcos, vão. Vale a pena. E muito...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Gostaria de entender...

É notória a capacidade do ser humano adquirir conhecimento; ir aprendendo com o decorrer do tempo...

Portadores da trissomia do par 21 conseguem aprender... alguns chegam a decorar textos e se tornam atores/atrizes...

Pelo menos uma pessoa (que tomei conhecimento), que teve paralisia cerebral, fez a prova do Enem, que independente da forma vergonhosa como ela foi administrada, testou os conhecimentos que absorveu, ou seja, testou o que aprendeu...

Crianças vão aprendendo com o passar do tempo...

Com todos esses exemplos, por que pessoas com as quais tenho que lidar, são tão apedeutas e, pior, sem a menor capacidade de aprender com o passar do tempo?

Começo a acreditar que eu fui o soldado preguiçoso que, em vez de quebrar o ossos de Jesus, com medo da tempestade, apenas enfiei e lança e gritei: - Tá morto!

Fato!!!


O fim de uma dúvida pode ter dois desfechos: o "que massa!" e o "que merda!". Nunca é neutro. Mas seja qual for, o fim de uma dúvida sempre faz a vida voltar a andar... por mais que você não queira!


Pelo menos é o fim...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Pra aprender...

Uma amiga disse hoje:

"O que não custa, não presta!"

E, com raríssimas exceções, é verdade. Isso serve pra me lembrar, toda vez que eu for responder a alguém o quanto eu cobro pra tocar...

E pra lembrar que eventos com entrada "free for all", na grande maioria das vezes, vai estar cheio de pessoas que vão me incomodar.

Gente...

Povos e povas... entendam: eu não escrevo sobre política. Não tenho o embasamento (nem interesse) necessário para isso. Deixo isso para meu amigo Sérgio Montenegro.
Apenas escrevo sobre o que vivo... Afinal, uma das coisas que exercito é meu poder de análise e crítica.
Política é que nem sexo: uma questão de posição...

Sobre a enquete...

Algumas pessoas me questionaram sobre a enquete que estou fazendo esta semana. Qual seria a diferença entre Brasil e Lullalândia... É bem simples:

Um país onde seu salário é tão ridículo que não consegue pagar tudo o que você precisa para viver; onde é necessário vale-transporte, vale-alimentação, vale-gás, vale-leite, bolsa-família e você ainda dá graças a Deus e ao governo...

Um país onde são necessárias quotas para que negros e alunos da rede pública possam ingressar na faculdade e você acha bom isso...

Um país onde o ensino superior não entra no ranking das melhores DUZENTAS faculdades do mundo; cujo orgão responsável pela educação não é capaz de gerir a aplicação de provas que servem de ingresso a mais de 80 faculdades do país sem que haja reclamações de erros, e você nem liga...

Se você vive nesse país e não se importa, acha que é o melhor que pode ter acontecido, então você vive na Lullalândia...

Se você vive num país com todos esses "atributos" supra-citados e fica indignado; luta pra que essa situação finde, melhore, você vive no Brasil...

Entenderam a diferença?

Mais... no ônibus...

Só que desta vez foi num "geladinho". E como o post que escrevi intulado "E assim segue..." . As vezes preciso de muito pouco pra ir recarregando as baterias... deixando meu humor menos cítrico.


Hoje, quando subo no ônibus, tenho a grata supresa de encontrar uma amiga que conheci nos tempos em que eu trabalhava na TV Guararapes (atual TV Clube). Uma pessoa distinta, de muita cultura, conversa agradável, grande sapiência. Uma pessoa chic. Não o chic que vemos em novelas: título ostentado por "peruas". Mas uma pessoa chic por seu bom gosto, refinamento e ampla cultura.

Conversa agradável onde até mesmo os temas pesados do dia-a-dia fluiram com grande suavidade. De tudo foi conversado... o que acabou por me fazer cometer uma gafe. Falávamos sobre futebol quando disse que torcia pelo Náutico. Aí ela retrucou: "Eu, quando menina, morava na rua da concentração do Náutico, quando o Náutico era um time... do luxo do Hexa". Sem nenhuma intenção comentei: "Eita... faz muuuuuuuuito tempo...". Ela logo mudou de assunto me pedindo o telefone de uma mulher que faz empanadas chilenas.

Aí percebi a gafe... Mas, se você estiver lendo este post, saiba que não houve a intenção de chamá-la de velha. O que mantém a jovialidade é o espírito. E pode ter certeza de uma coisa: o seu é muito mais jovem que o meu.

Mesmo assim, desculpe. E obrigado por uma conversa tão agradável. Fez com que o início do dia fosse mais agradável...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Pode ser...

Pode ser que seja por causa da idade avançando...
Pode ser que seja pela falta de ignorância que deixa as pessoas felizes...
Pode ser...

Mas estou ficando cada vez menos tolerante a burrice, estupidez e gente lerda... putz!

Criticando...



Eu sei... muita gente pode ficar falando: "É muito fácil criticar". "É muito fácil ficar apontando os erros do governo". É verdade... tenho que adimitir...



E é ainda mais fácil quando o governo é do PT. Aí tem nem graça... tem assunto pra falar mal todo dia... eheheheheheheheh!

Será?


Tenho notado uma certa mudança no comportamento da audiência. Normalmente, as maiores audiências são quando as atrações são de qualidade bem duvidosa...

Os últimos resultados que recebi mostram que isso está mudando. Atrações de qualidade estão tendo audiência muito boa, o que não acontecia antes. Será que realmente a audiência está aprendendo? Ou ainda é cedo pra ter esperanças?

Vamos ver...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Recomendo (banda)

Soul de Lua. Uma banda com uma proposta simples, mas deliciosamente executada. Músicos muito bons e a vocalista, Luanna, brinda a todos com sua voz... Vale a pena conferir. O pessoal tá em estúdio, mas já tem duas músicas que podem ser ouvidas e baixadas no My Space da galera ( http://www.myspace.com/souldelua ).

Abaixo, vocês assistem a apresentação da Soul de Lua no programa Interativo. Como falei antes, vale a pena ouvir. E dia 19/11/10, eles estarão fazendo o lançamento oficial da banda com um show no Bar Pedra de Toque (Parnamirim).

Recomendo

Mas não é fogo (vulgo: "mai né fogo?")?

Tá vendo o que esses agitadores fizeram? Por causa dessas denúncias infundadas de problemas com o ENEM do último fim de semana, o Ministro da Educação Fernando Haddad foi obrigado a cancelar sua viagem à Moçambique, onde iria com a presidenta do Brasil, Lulla.
Tá vendo o prejuízo que uma tempestade num copo d'água pode provocar...??? Sei não, viu...

Mais congratulações...

Não é brincadeira não... Esse povo realmente cumpre para com suas obrigações e tem muito tato. Por isso, também gostaria de congratular nossos honrados representantes na Câmara dos Deputados que decidiram, sabiamente, conceder a Medalha Mérito Legislativo (veja que povo antenado) a João Pedro Stedile, terrorista campesino, um dos fundadores da quadrilha intitulada MST e, creio eu, membro honorário do PT, que jura que luta pela reforma agrária e que é "amigo" de Hugo Chavez.

Realmente de muita sapiência a escolha do agraciado. Mas permitam-me sugerir o próximo nome... um dos representantes mais legítimos do país: MARCOLA.

Congratulações...


Gostaria de mandar minhas mais sinceras congratulações ao MEC pelo ENEM realizado no último final de semana. Perfeito.

Claro... sempre tem aqueles que gostam de ver defeito em tudo e reclamaram de algumas coisinhas. Mas foi coisa pouca.

Mais uma vez o MEC mostra sua capacidade de gerir algo tão simples como provas que servem de ingresso para as Universidades do país.

Para aqueles que adoram reclamar e conseguiram encontrar defeitos na prova, assim que o Ministro voltar de Moçambique, para onde viaja hoje, 08/11/10, com a presidenta Lulla, ele vai tomar conhecimento do caso e ver o que pode fazer por vocês. Mas que vocês são chatos, ah, são...

PS: Não é a toa que não se encontra nenhuma universidade brasileira entre as DUZENTAS melhores do mundo.

domingo, 7 de novembro de 2010

E assim segue...

Incrível como pequenas coisas, simples, me fazem centrar a cabeça novamente, pisar firme no chão, sempre com os olhos firmes no horizonte.

Em meio a stress e apurrinhações que permearam os três últimos dias úteis da semana, na sexta, fui chamado pra tocar numa festa. Eu tava pesado... tenso... puto com as apurrinhações do dia-a-dia... Chego na festa já com uma boa notícia. A festa era de um amigo. Segunda boa notícia já sabida é que ia tocar com Morcego, figura que estimo muito. Chego, encontro pessoas que não via há séculos e começo a tocar...

Toda a tensão começa a querer deixar este corpo que vos escreve... Normal... alguém, sabiamente, já havia dito que a "Música é o alimento da alma". Se ouví-la já é muito bom, fazê-la, então, nem se fala.

A noite prossegue e começam as canjas. Tudo de qualidade. Primeira canja: Lucinha Guerra, acompanhada de Ivan Jr. e Romero fazem um samba de qualidade ímpar. Lucinha tem uma voz fenomenal. Show de bola... nessa hora, apenas resquícios do stress ainda teimavam em ficar...

Volto a tocar e a alma vai deixando o corpo mais leve. Mais canja: a galera da Sinfonéia Desvairada faz forró e cantam algumas de C. Buarque (das antigas... época em que a ditadura lhe fazia bem). Noite ímpar... prazerosa...

E pra acabar com todas as mazelas de vez, no sábado, saio com minha filha pra passear. Shopping, Game Station, minha casa, DVDs, brincar muito, dançar muito e, finalmente ela dorme. E eu vou junto...

Acordo com minha filha me chamando pra brincar, acompanhado de um beijo dela. Stress? Quem tava estressado? Chega a hora de levar minha filha pra sua casa... tudo em paz. Volto pra casa, faço uma faxina geral.

No fringir dos ovos, a faxina foi na casa, no corpo e na alma... E mais uma semana vai começar...

MP4

Olha eu aqui com mais sugestões de música direto do meu MP4. Desta vez, volto aos anos 90, quando surgiu a Infectious Grooves. Essa foi a banda que me inspirava pra compor para o Conservados em Formol (junto com a Red Hot Chilli Peppers, nos seus bons tempos).

E nem é o primeiro (e excelete) Cd da Infectious Grooves que recomendo agora. É o (que acho que é) segundo: Sarsippius' Ark. Muito bom. Tem dois cover no CD: um do Led Zeppelin (Immigrant Song, que a Conservados tentava fazer igual) e um David Bowie (Fame). Simplesmente fantásticas.


O Infectious é (ou era) uma banda fenomenal, misturando metal e funk de modo primordial. Com Mike Muir (vocal do Suicidal Tendencies) e Robert Trujillo (atual baixista do Metallica), o som é mais que visceral, sem perder o groove. Muito bom.


O que me lembra de um recado pra dar. Trujillo: larga os idosos do Metallica e volte para o Infectious Groove.

Compre, baixe, mas escute. Vale muito a pena

Politicamente correto X Audiência

Engraçado... Novo quadro do programa da Eliana: quem é de quem? Oito pessoas no palco, que formam 4 casais, para um convidado tentar adivinhar quem é de quem. Podem ser casais héteros ou gays, mas são 4 homens e 4 mulheres.

No final, o convidado acertou todos. Eram 2 casais héteros e 2 gays. Quando era "descoberto" um casal hétero, a platéia gritava "beija, beija" e o casal se beijava. Os casais gays (um de homens e o outro de mulheres) não se beijaram. E a platéia teve seus gritos de "beija, beija" suprimidos. O casal de homens ainda saiu de mãos dadas, mas só.

É difícil ser politicamente correto quando a audiência, formada por um povo cheio de preconceitos, está em jogo.

Em tempo: não que eu seja politicamente correto ou preconceituoso. Me beneficio da dúvida. Mas acho engraçado a realidade...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Quem diria...


Eu já nem me choco mais em saber que Zé Dirceu continua como um dos "líderes" (só que agora, espiritual, eheheheheh) do PT; em saber que Palocci faz parte da equipe (mesmo que de transição)... Já me acostumei com essas coisas graças ao governo PT.

Mas ver PT e PMDB, cada vez mais, de mãos dadas realmente me causa ojeriza da forma como é feita política no Brasil. Não há mais postura nem ideologia. Apenas o "Poder? Tô dentro... não importa como".

Por isso Proudhon fica cada vez mais chegado... Por isso, cada vez mais adoto a frase "Si hay gobierno, soy contra".

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Enquetes

Bom... encerrada a enquete pra decidir se eu devia ou não fazer enquetes.
Foram 11 votos no sim (faça enquetes), 1 voto no não, 2 votos no depende (da minha vontade, eheheheheh) e 1 voto no talvez.

Então, provavelmente amanhã já tenha nova enquete. Você pode votar usando qualquer documento, menos título de eleitor, que não serve pra nada.

MP4

Continuo a renovação do playlist do meu MP4. Desta vez, mais um disco que recomendo. Bruce Willis com seu "If it don't kill you, it just make you stronger". Isso mesmo... pra quem não sabia, disco do ator mesmo.

O disco, lançado em 1989, flerta entre o Rock, Blues e o Jazz. E Willis, além de cantar, toca gaita muito bem... vale a pena.

Compre, baixe, mas escute. É massa...