sábado, 31 de julho de 2010

Perguntas inquietadoras


Da série perguntas que nos deixam perplexos ou sem respostas:

1) Quem é chato? Você que me incomoda com um assunto que não me interessa ou eu, que não te dou atenção?

2) É possível ser sincero com quem tem o poder de lhe demitir?

Blues das quintas, agora nos sábados...


Pois é povas e povos...

Na última quinta-feira, 29/07, o blues no Banquete foi super massa... Além do repertório super bacana que a Black Cat Bone sempre executa, algumas participações abrilhantaram ainda mais a noite.

Gustavo Albuquerque se juntou ao Duo BCB com seu teclado. Foi show de bola. Guga deu mais vida, brilho e cor às músicas e o blues fluiu com uma facilidade incrível.




Guga não foi o único a somar talentos na noite. Já meio desaparecido das Jams da Veneza Brasileira, François Tardiuex também deu o ar da graça e emocionou a todos quando se uniu a BCB tocando violão magistralmente... e não só o violão. François, também conhecido como Eric Clapton cover (eheheheheheheehh) mandou bem na gaita.

E se tinha alguém achando pouco, parou de achar com a chegada do guitarrista bluesman e artista plástico Alexandre Santiago, o "pai" (tem gente que garente que é o avô...) do blues da Nova Roma. Dr. Alex nos brindou não só tocando a viola, como tocando gaita e cantando com a BCB.

Quando já não se podia imaginar mais nada, surge Luiza Furtado que aveludou a noite com sua voz rasgada, emocionando até o pregador de roupas que a gente usa pra que as letras das músicas não saiam do lugar. Luiza cantou Hi Heel Sneakers (versão Janis Joplin), Me and Bob McGee (Janis Joplin) e I just wanna make love to you (versão Etta James). Aviso logo que esperamos que Luiza volte mais vezes...

A única coisa mais ou menos ruim que rolou é que não vai ter mais blues nas quintas. Essa foi a última. Agora, o blues no Banquete será aos sábados, sempre a partir das 21hs.

Lembrando aos amigos músicos que ninguém que saiba tocar ou cantar sai do Banquete nas noites de blues sem dar uma canja. Faz parte da tradição da Black Cat Bone. Já deram canjas apaixonadíssimas por lá
Beto Kaiser (guitarrista), Cecília Meira (vocalista), Renato Ferraz (guitarrista da Let me Beatles), Miguel (Violão da Vates e Violas), Sérgio Liova (baixista), Giovani Papaleo (baterista da Uptown Band e organizador do Oi Blues by Night), Marcos Toledo (jornalista e vocalista nas horas vagas), Catherine (vocalista), Michael (Projeto Violação), Ivan Jr (jornalista e músico quando o trabalho deixa), Gustavo Albuquerque (Tecladista que já tocou na Bluestamontes, Silent Moon, Monomotores), Débora Freire (Baterista da Chá Etílico Dançante), Cássio Curchatuz (Projeto Quanta Bossa), François Tardieux (guitarrista dos bons), Márcio "Demolidor" Carvalho (Dodge Band), Luiza Furtado (vocalista das boas...) entre outros nomes...

Bom... depois disso tudo, esperamos que vocês apareçam no sábado, 07/08, já pra ver o que acontece. Digo logo que não dá para prever nada... é sempre um surpresa... uma grande surpresa prazerosa.

Serviço:
O que? Sábados de Blues com a Black Cat Bone
Onde? Banquete Bar e Restaurante (Rua Capitão Lima, 195, Santo Amaro, quase em frente a TV Jornal)
Quando? Todos os Sábados.
Que horas? Sempre a partir das 21hs.
Informações: 3423 9427